You are currently viewing Setor da construção industrializada em aço vislumbra 2022 mais otimista
Construção Civil 2022

Setor da construção industrializada em aço vislumbra 2022 mais otimista

Segundo pesquisa, no primeiro cenário, que envolve os fabricantes de estruturas de aço, verificou-se um aumento significativo na capacidade produtiva para a fabricação de estruturas de aço, com alta pelo terceiro ano consecutivo
Fonte: Assessoria de Imprensa

Após dois anos conturbados pelos efeitos da pandemia no Brasil, o setor da construção civil não tem apenas se recuperado, mas também vem ganhando destaque na economia como um todo e entregando números expressivos, com um crescimento de 7,6% em 2021, informado pelo estudo mais recente feito pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Esse é o melhor desempenho apresentado pelo setor nos últimos dez anos.

Em relação à construção industrializada em aço, um crescimento significativo foi identificado nas últimas pesquisas realizadas pelo Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA), em parceria com a Associação Brasileira da Construção Metálica (ABCEM), que reuniram dados de centenas de empresas no Brasil (Fabricantes de Estruturas de Aço; Fabricantes de Telhas de Aço e Steel Deck e Fabricantes de Perfis Galvanizados – Light Steel Frame/ Drywall). Nos cenários identificados pelas pesquisas, a produção de estruturas de aço , por exemplo, cresceu 24,9% quando comparada à pesquisa anterior.

No primeiro cenário, que envolve os fabricantes de estruturas de aço, verificou-se um aumento significativo na capacidade produtiva para a fabricação de estruturas de aço, com alta pelo terceiro ano consecutivo, sendo impulsionado principalmente pela aquisição de maquinários feita por empresas de grande porte. É um reflexo positivo da maior demanda em 2020, indicando também um otimismo dos fabricantes ao investirem no crescimento de suas empresas.

Também observou-se um aumento relacionado aos empregos, com crescimento de 7,3% na quantidade de colaboradores, chegando a 32,6 mil profissionais, o número mais alto dos últimos 5 anos. Cerca de 48% dos fabricantes de estruturas de aço aumentaram seus quadros, reflexo desse aumento da demanda.

Outro fator foi o crescimento no volume de obra de energia, que vêm ocorrendo ao longo dos anos, com expectativa de continuidade. A crise hídrica recente e a busca por energias renováveis e, portanto, mais sustentáveis, têm contribuído nesse sentido.

Além disso, o setor da construção civil permaneceu ativo mesmo durante a pandemia. Diversas obras de hospitais de campanha utilizaram estruturas metálicas pela agilidade no processo, como observado no estádio do Pacaembu, em São Paulo, com 200 leitos erguidos em 10 dias.

Outros fatores determinantes para justificar o aumento de quase 25% na produção de estruturas de aço foram questões relacionadas à rapidez no canteiro de obras: o mercado de estruturas de aço traz mais agilidade, melhor cumprimento do cronograma, limpeza no canteiro de obras e segurança dos colaboradores.

Englobando os três cenários pesquisados, mais da metade dos fabricantes mostraram-se otimistas, acreditando em um crescimento de seus respectivos mercados em 2022.

Fonte: https://www.grandesconstrucoes.com.br/Noticias/Exibir/setor-da-construcao-industrializada-em-aco-vislumbra-2022-mais-otimista